sexta-feira, 5 de maio de 2017

A MUSICA NA IGREJA

Texto: Jó 38.4-7. Onde estavas tú, quando Eu lançava os fundamentos da terra? Faz-mo saber, se tens entendimento. Quem lhes fixou as medidas, se é que tú sabes? Ou quem mediu com um cordel? Sobre o que foram firmadas as suas bases, ou quem lhe assentou a pedra de esquina, quando juntas cantavam a estrela da manhã, e todos os filhos de Deus bradavam de júbilo.

Dizem que a música é a arte de combinar os sons e o silêncio. Quando paramos e prestamos atenção nos sons que estão a nossa volta, descobrimos que a música é parte integrante da nossa vida. A música sempre foi a melhor maneira de exteriorizar e de expressar toda a gama de sentimentos que existe em nosso interior. Através da música nós somos capazes de expressar muito dos nossos sentimentos. Expressamos alegria, saudade, amor, tristeza, questionamentos, rebeldias, contestações, e muito mais. A favor da música pessoas dedicaram a sua vida inteira, escolas foram fundadas, livros foram escritos, multidões são arrastadas e milhares de composições fonográficas são diariamente registradas.

O fato inegável é que do bebê ao ancião, todas as pessoas gostam de ouvir e sentir as vibrações musicais com os seus mais variados estilos e rítimos. Is 44.23. Cantai alegres, vós os céus, porque o Senhor fez isso. Exultai vós as partes mais baixa da terra. Vós montes, retumbai com júbilo, também vós bosques, e todas as árvores em vós. Porque o Senhor remiu a Jacó, e se glorificará em Israel.

DEFINIÇÃO: Definir a música, no entanto, não é uma tarefa fácil, porque apesar de ser intuitivamente conhecida por qualquer pessoa, difícilmente encontraremos um conceito que possa ilustrar todos os significados dessa prática. Mais do que qualquer outra manifestação humana, a música contém e manipula o som, organizando-o dentro do tempo. Talvez por essa razão, a música está sempre fugindo a qualquer definição, pois sempre que buscamos, ela se modifica, e evoluiu.A única coisa que talvez podemos afirmar com precisão, é que a música foi criada por Deus, e já existia mesmo, muito antes de haver homens sobre a terra.

A primeira referência que temos da música na Bíblia está em Gn 4.27. "...Jubal, este foi pai de todos os que tocam harpa e orgão".  O texto refere-se as bases de uma cidade que foi edificada por Caim e seus descendentes. Entre os pilares desta sociedade primitiva encontramos pelo menos três coisas que merecem destaque:

1. A agricultura, v.20 "...Jabal este foi o pai dos que habitam em tendas e possuem gado"
2. A industria, v.22 "...Tubal-Caim, fabricante de todo instrumento cortante de cobre e de ferro"
3. A música, v.21 "...Jubal...o pai de todos os que tocam harpa e orgão"

A música está presente em várias passagens do AT, e sempre havia uma forte razão para que alguém se expressar através dela. Em 1Cr 15.16 encontramos Davi ordenando ao chefe dos levitas para designar alguns dos seus irmãos cantores, para tocarem instrumentos musicais, como alaúdes, harpas e címbalos, e levantaram a voz, isto é, cantarem com alegria.

Existem também um registro em que a música e a dança trouxe uma consequência desastrosa. Foi o caso da filha de Jefeté Jz 11.34 registra que Quando Jefté chegou a Mispá, a sua casa, sua filha lhe saiu ao encontro com adufes e daças...  O que a menina fez foi dançar de forma folclórica em honra aos entes queridos que chegam da guerra, o problema é que Jefté havia feito um voto impensado. vv 30,31 E Jefté fez um voto ao Senhor, dizendo: Se tu me entregares na mão os amonitas, qualquer que, saindo da porta de minha casa, me vier ao encontro, quando eu, vitorioso, voltar dos amonitas, esse será do Senhor; eu o oferecerei em holocausto. 

Flávio Josefo, no livro HISTÓRIA DOS HEBREUS, afirma que Jefté sacrificou sua filha, assim como havia prometido, muito embora isso não queira dizer que Deus tenha tido prazer em tal sacrifício. A Bíblia mesmo não nos dá nenhuma conclusão definitiva.

Vemos ocasiões, em que as músicas foram frutos de insensatez e rebeldia sendo utilizada em culto pagão e em festa a idolatria. Ex 32.17,18 "ouvindo Josué a voz do povo que jubilava..."  

A música por sua capacidade de mexer com o corpo, muitas vezes protagonizou episódios de desavença. Mical, por exemplo, não entendeu a extravasão de Davi, diante de sua alegria pelo retorno da arca e o desprezou. 1Cr 15.29. E sucedeu que, chegando a arca do pacto do Senhor à cidade de Davi, Mical, a filha de Saul, olhou duma janela e, vendo Davi dançar e saltar, desprezou-o no seu coração.

Na Bíblia também encontramos em algumas  ocasiões, o próprio Deus repudiando algumas expressões musicais tipo: Am 5.23 - Parem com o barulho de suas canções religiosas. Não quero mais ouvir músicas de harpas

Mais encontraremos pessoas que fizeram da música sua maior expressão de culto louvor e adoração ao Senhor. 2Sm 6.14 - Davi, vestindo um manto sacerdotal de linho dançou com todo entusiasmo em louvor a Deus, o Senhor.

Assim é a música, com ela conseguimos chegar pertinho de Deus e o adorá-lo. Sl 47.6. Cantai louvores a Deus, cantai louvores; cantai louvores ao nosso Rei, cantai louvores. Ou, com a ajuda dela, nos afastarmos completamente Dele. Am 6.5-7 Vocês fazem músicas, como fez o rei Davi, e gostam de cantá-la com acompanhamento de harpas. Bebem vinho em taças enormes, usam o perfume mais caro, mais não se importam com a desgraça do país

Com a música conseguimos expressar todo nosso sentimento gratidão a Deus. Sl 81.1 Cantai alegremente a Deus, nossa fortaleza; erguei alegres vozes ao Deus de Jacó. Falamos com Deus do nosso amor a Ele. Sl 104.33. Cantarei ao Senhor enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu existir. E falamos também do nosso sentimento humano. Ct 4.1. Como és formosa, amada minha, eis que és formosa! os teus olhos são como pombas por detrás do teu véu; o teu cabelo é como o rebanho de cabras que descem pelas colinas de Gileade. A música sabe como ninguém falar.. Ela se expressa em rítimos alegres e dançantes, nos fazendo rir e pular de alegria. Outras vezes pode se expressar por rítimos melancólicos e tristes, fazendo lágrimas rolar dos nossos olhos. Em fim, somos todos convidados a cantar, seja em louvor e adoração ao nosso Deus Is 42.10. Cantai ao Senhor um cântico novo, e o seu louvor desde a extremidade da terra, vós, os que navegais pelo mar, e tudo quanto há nele, vós ilhas, e os vossos habitantes. Ou seja simplesmente para manifestar a alegria.

PERIGOS RELACIONADOS A MÚSICA 
Sendo a música a melhor expressão da nossa adoração a Deus, é de se esperar que Satanás, de alguma forma a utilize exatamente para tentar neutralizar o nosso louvor e a nossa adoração ao verdadeiro Deus. Satanás percebendo a influência e o poder que a música pode exercer sobre a mente humana, vem se utilizando dela com objetivo de "infiltrar" mensagens incentivadoras ao uso de drogas, a prática da prostituição, e até mesmo ao crime. Algumas Bandas se levantaram com músicas que exaltaram o culto satânico. Algumas de forma oculta, com mensagens subliminares. Outras de maneira descaradas usaram suas letras para exaltar o satanismo. Letras satânicas foram e são cantadas por grandes bandas como:
AC/DC
THE BEATLES
THE ROLLING STONE
IRON MAIDEN
LED ZEPELIN
MOTLEY CRUE
BLACK SABBATH

Cantores satanistas se tornaram grande vultos na história da música nacional ou internacional como Ozzi Osbourne e Raul Seixas. Nós mesmo muitas vezes cantamos ou fomos embalados por muitas músicas sem nem mesmo saber ou perceber o que estávamos cantando ou ouvindo. Letras estranhas como a de Raul Seixas: "eu nasci a dez mil anos atrás, e não tem nada neste mundo que eu não saiba demais..."  Ou de Ivete Sangalo, "a minha sorte grande foi você cair do céu, minha paixão verdadeira... O brilho dos teus olhos, meu anjo querubim..." Vejam o  jogo de palavras. "cair do céu, anjo querubim" Is 14.12. Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! como foste lançado por terra tu que prostravas as nações!

A música "Frisson" "Você caiu do céu, um anjo lindo que apareceu, com olhos de cristal me enfeitiçou... Derrepente você surgiu na minha frente, luz cintilante, estrela em forma de gente..." (Banda Eva)

Parece muito estranho o fato de tais letras exaltar uma figura "caída do céu" E antes que alguém me diga que estou exagerando, deixe-me citar a tradução da letra de uma das músicas dos "AC/DC" intitulada "HELL'S BELLS" ou seja OS SINOS DO INFERNO:
Sou um trovão motorizado, a chuva cai
Eu estou chegando como um ciclone
Meus relâmpagos brilhando pelos céus
Você é apenas um jovem mais vai morrer
Não vou fazer prisioneiros,
Não vou poupar vidas Ninguém vai lutar
Eu tenho meu sino, vou te levar para o inferno
Eu vou te pegar, satã vai te pegar

Sinos do inferno, sim sinos do inferno
Eu estou badalando sinos do inferno
Minha temperatura é alta, sinos do inferno

Eu vou te dar sensações negras  espinha a baixo
Se você é demoníaco é meu amigo
Veja a minha luz branca brilhando enquanto saio a noite
Porque se o bem está a esquerda, eu estou a direita
Não vou fazer prisioneiros, não vou poupar vidas
Ninguém vai lutar
Eu tenho meu sino, vou te levar para o inferno
Eu vou te pegar, Satã vai te pegar.

OS BENEFÍCIOS DA MÚSICA
Poderíamos citar tantas outras letras de cantores e bandas com seus estilos satanistas, mas prefiro terminar falando dos benefícios que música pode nos trazer. A afirmação mais correta e mais contundente é a de que a música é de Deus, e os rítimos musicais, seja quais forem eles, devem ser usados em exaltação a Ele. Êx 15.21. E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou; lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro.

Exemplos como Waguinho, Juninho do banjo  (pagode). Banda Resgate, Catedral, Staurus (Rock gospel) e tantos outros rítimos que por muito tempo foram entregues a Satanás, e finalmente foram resgatados por servos do Senhor Jesus. Por causa disso, sempre teremos uma musica para contarmos ou simplesmente ouvirmos nos deliciando diante da presença do Deus todo Poderoso. Isso sem falar dos hinários como a Harpa Cristã, o Cantor Cristão e outros que temos a nossa disposição. São inumeráveis os motivos que nos levam a cantar, então devemos aproveitar todas as oportunidades. Nunca pare de cantar...

1. Cantando a Deus pelo bem que ele nos fez. fez. Sl 13.6. Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem.

2. Ao abrir os nossos olhos, pela manhã, vamos acordar cantando em exultação ao Senhor por mais um dia. Sl: 59.16. Eu, porém, cantarei a tua força; pela manhã louvarei com alegria a tua benignidade, porquanto tens sido para mim uma fortaleza, e refúgio no dia da minha angústia.

3. Enquanto houver fôlego de vida, vamos cantar ao Senhor Sl 104.33. Cantarei ao Senhor enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu existir. 

Não importa se somos exímios cantores ou se nossa voz se identifica mais com uma taquara raxada. Fica aqui sempre o conselho animador do Senhor no Salmo 100.

De pé agora: aplaudam o Eterno! Deem a ele um lindo sorriso de presente, cantem em sua presença com grande alegria.

Saibam disto: o Eterno é Deus, e Deus é o Eterno. Ele nos fez: nós não o fizemos. Somos seu povo, suas ovelhas bem cuidadas.

Entrem na fila e digam de coração: “Obrigado!”. Vão à presença dele e cantem louvores. Agradeçam-no por tudo! Adorem-no!

Porque o Eterno é bom demais, transborda em inefável amor e é leal para sempre.







A NOIVA DE CRISTO

Texto Básico: Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o se...