segunda-feira, 28 de outubro de 2013

APAIXONADOS POR CRISTO



Pe 1:8 Vocês o amam, mesmo sem o terem visto, e creem nele, mesmo que não o estejam vendo agora. Assim vocês se alegram com uma alegria tão grande e gloriosa, que as palavras não podem descrever.

Introdução: "Eu te amo, mais que a abelha ama a flor..." Quem de nós, pelo menos os mais antigos, nunca cultuou a Deus embalado por letras como as de Oseias de Paula, "...eu te amo e como é forte o meu amor..." Já se passaram algum tempo desde que a igreja moderna, começou utilizar em sua liturgia musical algumas expressões que são no mínimo curiosas para expressar sua relação de amor com a Pessoa do Senhor Jesus.
  "...Estou apaixonado, desesperado de amor..."

Expressões tipo: "...deitar em seu colo e receber  carinho..." se tornaram comuns em nosso culto, mesmo que no princípio, elas trouxesse algum descontentamento por parte de líderes mais conservadores Para muitos, tais expressões na liturgia do culto era um verdadeiro escândalo. Que diriam se naquele tempo abríssimos nosso culto cantando uma letra do tipo... Que os seus lábios me cubram de beijos! O seu amor é melhor do que o vinho.  O seu perfume é suave; o seu nome é para mim como perfume derramado. Nenhuma mulher poderia deixar de amá-lo.  Leve-me com você! Vamos depressa! Seja o meu rei e leve-me para o seu quarto. Ó rei, ficaremos alegres e felizes por sua causa e cantaremos o seu amor, que é mais agradável do que o vinho. Não é sem razão que o amam, ó rei! Ct 1.2-4
 
Antigamente quando cantávamos letras como:...eu estou apaixonado por você... Como é grande o meu amor por você... Estávamos  sempre nos referindo a um sentimento carnal amoroso e físico entre um homem e uma mulher. Não existia nestas expressões qualquer possibilidade de conotação religiosa. De um tempo para cá, tudo mudou, começamos a cantar sem medo nosso sentimento de afeto para com o nosso mestre da mesma forma que cantávamos as músicas dos cantores seculares. Músicas com expressões como "eu estou apaixonado" deixou de ser direcionada somente a casais apaixonados, e começou também a expressar um sentimento de gratidão e amor a Pessoa do Senhor Jesus Cristo. Ef 5:2 Que a vida de vocês seja dominada pelo amor, assim como Cristo nos amou e deu a sua vida por nós, como uma oferta de perfume agradável e como um sacrifício que agrada a Deus!

A pergunta que me faço é: Cantamos desta forma porque amamos ao Senhor Jesus agora mais do que se amava antigamente, ou será que nossa expressão, hoje, mais acalentosa é apenas uma forma de disfarçar um esfriamento natural que a igreja vem experimentando nos dias atuais? Será que se cumpre Mt 24:12 ? A maldade vai se espalhar tanto, que o amor de muitos esfriará;

Estamos hoje verdadeiramente "APAIXONADOS POR CRISTO?"
1 Jo4:19 Nós amamos porque Deus nos amou primeiro.
Sl 116:1 Eu amo a Deus, o Senhor , porque ele me ouve; ele escuta as minhas orações.
O substantivo "porque" logo após a expressão "eu amo" ou "nós amamos" parece denotar um certo grau de sentimento interesseiro O "porque", neste caso, é um substantivo e parece querer explicar um acontecimento ou um comportamento. (Causa, motivo ou razão). O texto parece que está nos dizendo que sempre precisamos de uma "razão" para exteriorizarmos qualquer expressão de amor, mesmo a Deus. João, por exemplo, parece estar dizendo: Minha razão para amar a Deus? "Deus me amou primeiro" O salmista parece declarar: Porque eu o amo? "Deus sempre ouve as minhas orações..."

João, melhor do que ninguém sabia quem era o seu senhor e o que era o amor de Deus, assim ele descreve: Jo 1:14 A Palavra se tornou um ser humano e morou entre nós, cheia de amor e de verdade. E nós vimos a revelação da sua natureza divina, natureza que ele recebeu como Filho único do Pai

E se João não conhecesse o amor de Deus, seria capaz de amá-lo mesmo assim? E se Deus não respondesse as orações do salmista, ele o amaria mesmo assim? Será que estamos prontos para declarar o nosso amor pelo Senhor Jesus, ou será que as razões do nosso amor não são simplesmente em razão daquilo que temos ou conquistamos? Qual a "razão" do nosso amor? Amamos porque? Amamos porque...
  • Podemos viver em comunidade e temos liberdade para cultuar a Deus na hora e no lugar que bem desejarmos sem nenhum impedimento? 
  • Temos uma igreja bem estruturada, bonita, confortável? 
  • Temos nossos carros que nos conduzem confortavelmente para o local de adoração? 
  • Estamos bem empregados e não temos falta absolutamente de nada?
São estas as razões para cantarmos "eu estou apaixonado"? Somos sinceros quando cantamos? "Sinceridade..." talvez seja esta a palavra.
Jo 5:42
Quanto a vocês, eu os conheço e sei que não amam a Deus com sinceridade.

Fp 1:21 - Pois para mim viver é Cristo, e morrer é lucro.

Agora pensemos um pouco: E se as coisas não fossem assim tão fácil? E se der repente nos víssemos sem liberdade e fôssemos proibidos de cultuar ao nosso Senhor? Até que ponto nos manteríamos firme na nossa fé? (At 21:10-13). E se fôssemos conduzidos, como estevão, para fora do templo para ser apedrejados?  At 6:12 Dessa maneira eles atiçaram o povo, os líderes e os mestres da Lei. Depois foram, agarraram Estêvão e o levaram ao Conselho Superior.  At 7:54, 58 Quando os membros do Conselho Superior acabaram de ouvir o que Estêvão tinha dito, ficaram furiosos e rangeram os dentes contra ele... Depois o jogaram para fora da cidade e o apedrejaram. E as testemunhas deixaram um moço chamado Saulo tomando conta das suas capas.

E se como Tiago, o diácono irmão de João, fôssemos entregues a morte? At 12:1-2 Por essa época o rei Herodes começou a perseguir algumas pessoas da igreja. Ele mandou matar à espada Tiago, o irmão de João.

Se como Paulo, depois de torturado fôssemos decapitado. De acordo com a maioria dos historiadores, Paulo foi retirado de um calabouço em Roma para a execução, pelo imperador Nero. segundo dizem, Paulo estava numa sela úmida e sentia muito frio, por isso escreveu a Timóteo: 2Tm 4:13 Quando você vier, traga a minha capa que deixei na cidade de Trôade, na casa de Carpo. Traga os livros também, principalmente os de couro.

Poderíamos citar ainda: 
  • O Aposto Pedro, que segundo a tradição, também no governo de Nero, foi crucificado em uma cruz em forma de X. 
  • Tiago, irmão do Senhor Jesus, líder da Igreja em Jerusalém que foi atirado de mais de 30 mts de altura do alto do pináculo sudeste do templo por se recusar negar sua fé. 
  • Mateus, que foi morto por ferimentos a espada.
  • João foi lançado num recipiente enorme de óleo, durante perseguição em Roma. Guardado milagrosamente pelo Senhor, foi, depois, sentenciado as minas na Ilha de Pátmos. 
  • Bartolomeu, também conhecido como Natanael, foi chicoteado até a morte na Armênia. 
  • André foi crucificado em uma cruz em forma de X na Grécia, após ter sido severamente chicoteado por sete soldados. 
  • Tomé foi atingido por uma lança na Índia. 
  • Matias, o apóstolo escolhido para substituir o traidor Judas Iscariotes, foi apedrejado e depois decapitado. 
  • Timóteo, o jovem pastor foi morto a pauladas por uma turba de idolatras que se encaminhavam para o templo

1 Jo 4:10 E o amor é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados.

E se avançarmos para além dos cristãos bíblicos e adentrarmos a história?  Ef 6:24 E que a graça de Deus esteja com todos os que amam o nosso Senhor Jesus Cristo com um amor que não tem fim!
  • Que diríamos do bispo Inácio da Alexandria, que foi ordenado pelo Apóstolo João. Foi condenado pelo imperador Trajano, e jogado as feras. Diante dos leões Inácio disse: "Sou como trigo debulhado de Cristo, que precisa ser moido pelos dentes das feras, antes de se tornar pão" 
  • Policarpo. Bispo de Esmirna, discípulo pessoal do Apóstolo João, foi condenado a fogueira. Antes de ser morto foi inquirido a amaldiçoar a Cristo no que respondeu corajosamente: "Por 86 anos tenho sido servo de Cristo, e ele nunca me fez mal algum. Como posso blasfemar do meu rei que me salvou?"
Para não pensarmos que somente líderes eram perseguidos e mortos, podemos lembrar de uma senhora cristã chamada Felicidade que no governo do Imperador Marco Aurélio no ano 180 d.C. foi martirizada com seus sete filhos. Todos os seus filhos morreram na sua frente. O mais velho foi espancado até a morte. Dois foram golpeados por clava. Três foram degolados. Por fim, depois de muita tortura, ela mesma foi decapitada.

Uma jovem de 22 anos de idade, casada, de boa família, mãe de uma criança, recém convertida, chamada Perpétua, enfrentou a terrível perseguição sob o governo do Imperador Severo. A seu pai, que com ardente desejo de fazê-la apostar da fé para lhe salvar a vida, ela aponta para um vaso feito no feitio de uma âncora e diz: Acaso ele pode ter outro nome? Eu também não posso me chamar com outro nome: eu sou cristã.
Perpétua, seu irmão e outra jovem cristã também chamada felicidade foram conduzidos a prisão, em seguida, foram atadas em rede e lançada a uma vaca brava. Os ferimentos em perpétua não foram mortais e a população que se divertia com sangue pediam ao carrasco para que aplicasse o golpe de morte. Como que despertando de um sonho agradável, Perpétua chegou a túnica mais a si, levantou o cabelo, e depois de ter dirigido, com voz fraca, algumas palavras de ânimo a seu irmão, guiou, ela mesma a espada do gladiador para o coração e assim espirou. Tg 1:12 Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam.

Qual era a razão do amor destes cristão pelo Senhor Jesus? Na Palestina muitos foram queimados vivos, outros foram arrastados pelos pés através das ruas, despidos, até expirar. Alguns eram feridos até morrer, eram apedrejados, sofriam espancamento na cabeça até perderem os miolos. Em Alexandria muitos cristãos morreram pela espada, pelo fogo, pela crucificação e pela decapitação. Dt 30:6 O Senhor , nosso Deus, dará a vocês e aos seus descendentes corações dispostos a obedecer, a fim de que o amem com todo o coração e com toda a alma e assim continuem a viver naquela terra.

Será que eles, verdadeiramente estavam "apaixonados" por cristo?
1 Jo 2:5 Porém, se obedecemos aos ensinamentos de Deus, sabemos que amamos a Deus de todo o nosso coração. É assim que podemos ter certeza de que estamos vivendo unidos com Deus:

Não havia nenhuma razão "terrena" para estes cristãos escolherem manter-se fiéis a sua fé. Sl 97:10 Vocês, que amam a Deus, o Senhor , odeiem o mal; ele protege a vida dos que lhe são fiéis e os livra do poder dos maus.
2 Jo 1:2 Nós os amamos por causa da verdade que continua em nós e estará conosco para sempre.

Nosso amor a Deus não pode e não deve ser medido por aquilo que somos ou que temos
Por mais que alcancemos os bens de Deus nesta terra, não devem ser estas as causas e nem a razão do nosso amor a ele. Fp 4:11-13 Não estou dizendo isso por me sentir abandonado, pois aprendi a estar satisfeito com o que tenho. Sei o que é estar necessitado e sei também o que é ter mais do que é preciso. Aprendi o segredo de me sentir contente em todo lugar e em qualquer situação, quer esteja alimentado ou com fome, quer tenha muito ou tenha pouco. Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação.
 
A verdadeira paixão a Deus é aquela que não pode ser medida pelas circunstâncias, aconteça o que acontecer, continuamos o amando. Hb 11:35-38 Pela fé mulheres receberam de volta os seus mortos, que ressuscitaram. Outros foram torturados até a morte; eles recusaram ser postos em liberdade a fim de ressuscitar para uma vida melhor. Alguns foram insultados e surrados; e outros, acorrentados e jogados na cadeia. Outros foram mortos a pedradas; outros, serrados pelo meio; e outros, mortos à espada. Andaram de um lado para outro vestidos de peles de ovelhas e de cabras; eram pobres, perseguidos e maltratados. Andaram como refugiados pelos desertos e montes, vivendo em cavernas e em buracos na terra. O mundo não era digno deles!

A NOIVA DE CRISTO

Texto Básico: Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o se...