terça-feira, 4 de outubro de 2016

Harpa Cristã, um Hinário Atual Para os Nosso Dias



Cl 3:16
A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao SENHOR com graça em vosso coração.

Introdução. Hinário oficial das Assembleias de Deus no Brasil, a Harpa Cristã ganhou espaço nas mais diversas denominações evangélicas do Brasil. Bem pode ser que tal fato se deu em razão dos diversos crentes assembleianos que por um motivo ou outro resolveram mudar de denominação. Porém, a verdade não pode ser negada, será extremamente difícil encontrar um crente sequer que nunca tenha se encantado pelas letras abençoadas dos hinos reunidos neste abençoado hinário cristão. Embora vez por outra, nos deparamos com aqueles que não concordem, os hinos da Harpa Cristã são fontes de inspiração divina. Claro, não com a mesma inspiração da Bíblia, mais uma inspiração particular movida por uma vida de devoção com a Pessoa do Espírito Santo. Seja asembleiano, batista ou membro de qualquer outra denominação, os hinos da Harpa Cristã continuarão fazendo parte do nosso culto a Deus, seja na Igreja, seja em nossa casa. "Nós cantamos o louvor de Deus com saltério vivo. Porque mais agradável e caro a Deus do que qualquer instrumento é a harmonia da totalidade do povo cristão. Nessa cítara é a totalidade do corpo, por cujo movimento e ação a alma canta hinos adequados a Deus, e nosso salteio de dez cordas é a veneração do Espírito Santo pelos cinco sentidos do corpo e as cinco virtudes do espírito".  Eusébio da Cesaréia.

I. PRIMEIROS HINÁRIOS.
1Co 14.26 Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.
No início da sua história, as igrejas Assembleia de Deus não possuíam um hinário próprio de louvores organizados para o seu culto devocional. Para sanar esta necessidade os assembleianos utilizavam um hinário organizado pelo Dr Robert Kalley e sua esposa Sarah Poulton Kalley, fundadores da Igreja Evangélica Fluminense. Salmos e Hinos. Este hinário teve sua primeira edição em Londres, no ano de 1855. Contava com 10 salmos e 17 hinos, 27 títulos, ao todo. Em razão da necessidade de um hinário na língua portuguesa, em 1861 aparece à primeira edição brasileira, composta por 50 títulos, sendo 18 salmos e 32 hinos. Foi usado pela primeira vez em 17 de novembro de 1861, seis anos depois da sua chegada ao Brasil.  Esta foi à primeira coletânea de hinos evangélicos cuja organização se deu aqui no Brasil. Tornou-se o primeiro hinário usado por diversas denominações evangélicas.  

Desde seu primeiro lançamento em Londres, o hinário "Salmos e Hinos" conta com aproximadamente 161 anos de existência. Em 2016, a "Harpa Cristã" completa 94 anos com mais de 500 hinos. A primeira edição foi lançada em 1922, na AD em Recife (PE), com hinos apropriados para o culto público, a Santa Ceia, o batismo, casamento, apresentação de crianças funeral, entre outros. Ef 5:19 Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração;

II.  A HARPA CRISTÃ.
1Co 1.10 Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.
Na igreja como em qualquer outra organização, é normal que haja casos de divergências em razão de desentendimento. Não é o ideal, mas infelizmente é coisa do ser humano. Assim, as Igrejas mais conservadoras entenderam que existiam peculiaridades que distinguia a nova igreja das igrejas evangélicas das tradicionais, e por esta razão entenderam haver a necessidade de criar um hinário mais apropriado, até que em 1921, surge um novo hinário com o nome de "Cantor Pentecostal". Este novo hinário foi editado pela tipografia Guajarina e teve como orientador Almeida Sobrinho um pastor batista que se tornara pentecostal, e era o redator responsável, auxiliado por João Trigueiro da Silva. Este novo hinário continha 44 hinos e 10 corinhos. O Cantor Pentecostal foi distribuído pela Assembleias de Deus de Belém/PA, que, naquela época, achava-se localizada na Travessa 9 de Janeiro, 75. Passado um ano da publicação do Cantor Pentecostal é lançado no Recife-PE a primeira edição da Harpa Cristã. Aos cuidados do Pastor Adriano Nobre, surge o hinário oficial da Igreja Assembleia de Deus com uma tiragem de 1.000 exemplares, distribuídos para todo o Brasil pelo missionário Samuel Nyström. A segunda edição da Harpa Cristã, já como 300 hinos, foi impressa nas Oficinas Irmãos Pangeti, no Rio de Janeiro, em 1923.

Em junho de 1931 foi lançado o hinário "Psaltério Pentecostal", para suprir uma demanda da Harpa Cristã. Teve como editor responsável o Missionário Gunnar Vingren. Este hinário foi impresso pelo Estabelecimento Gráfico Fernandes & Rohe, Rio de Janeiro1931. Nove anos depois da edição do "Cantor Pentecostal". Em 1932, dez anos após sua primeira edição, a Harpa Cristã já contava com 400 hinos. Na elaboração dos hinos, muito contribuiu o missionário Samuel Nyström. Como não tivesse perfeito conhecimento da língua portuguesa, ele traduziu, literalmente, diversas letras da hinódia escandinava. Para que os poemas fossem adaptados às suas respectivas músicas, foi necessário que o Pastor Paulo Leivas Macalão empreendesse semelhante tarefa. Por isso, tornou-se o Pastor Macalão, fundador do Ministério de Madureira, no principal compositor e adaptador do hinário oficial da Igreja Assembleia de Deus...

 A primeira Harpa Cristã com letra e música começou a ser elaborada em 1937. Com o passar dos anos, foram acrescentados outros hinos até que o hinário oficial chegou a 524. Até o ano de 1981, todos os hinos já haviam sido revisados. Em 1979, o Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), cumprindo resolução da Assembleia Geral da CGADB, nomeou uma comissão para proceder a revisão geral da música e letra dos hinos da Harpa Cristã. A proposta foi apresentada pelo pastor Adilson Soares da Fonseca. As análises tiveram o apoio técnico e especializado de João Pereira, na correção e adaptação da música; e Gustavo Kessler, na revisão das letras.

Bibliografia:



SALA DE ESTUDOS - HERMENÊUTICA

Sala de Estudos Introdução:  Hoje é nosso primeiro dia Sala de Estudo. Iniciamos agora uma nova reunião onde teremos o privilégio de ...