segunda-feira, 29 de novembro de 2010

AS QUATRO BASES DA ALIANÇA DE DEUS


Introdução: ALIANÇA: Acordo que Deus, por causa do seu amor (Dt 7.8-9), fez com o seu povo. Essa aliança (trato, pacto, contrato, concerto) consiste no seguinte: o Eterno, cumprindo sua promessa aos patriarcas (Gn 17.1-8; 28.13-15), era o Deus de Israel, e Israel era o povo do Deus Eterno (Êx 6.7; 19.4-6). Deus abençoava o povo, e este, por sua vez, lhe obedecia (Dt 7.7-11). Em cumprimento à palavra profética (Jr 31.31-34), Deus fez uma nova aliança (testamento), que foi confirmada ou selada pela morte de Cristo (Mc 14.24; Hb 8.6-13; 9.16-22). O povo de Deus é perdoado dos seus pecados (Rm 11.26-27), recebe bênçãos eternas (Hb 9.15) e vive uma vida de dedicação a ele (Hb 10.19-25) e ao seu serviço 2Co 3.6. (On line MBE)
AS BASES DA ALIANÇA

  1. ELE É O NOSSO DEUS.
  2. NÓS SOMOS O SEU POVO.
  3. DEUS NOS ABENÇOA.
  4. NÓS O OBEDECEMOS.
Eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus. Eu lhes darei este único propósito na vida: temer sempre a mim, para o próprio bem deles e dos seus descendentes. Vou fazer com eles esta aliança eterna: nunca deixarei de lhes fazer o bem; farei com que me respeitem com sinceridade para que nunca se afastem de mim. Terei prazer em lhes fazer o bem e com todo o meu coração e com toda a minha alma deixarei que fiquem morando nesta terra. (Jr 32.38-41)

I. ELE É O NOSSO DEUS.
"e eu serei o seu Deus" Jr 32.8
Este Deus é o nosso Deus para sempre. Ele nos guiará eternamente. Sl 48.14 
  • Como nosso Deus, Ele se mantém fiel a sua aliança. Lembrem que o SENHOR, nosso Deus, é o único Deus. Ele é fiel e mantém a sua aliança. Ele continua a amar, por mil gerações, aqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos, (Dt 7:9)
  • Como nosso Deus, Ele requer Toda a Glória para Ele. Para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no céu, na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos e declarem abertamente que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus, o Pai. Fp 2:10-11
  • Como nosso Deus Ele tem direitos sobre nós. Lembrem que o SENHOR é Deus. Ele nos fez, e nós somos dele; somos o seu povo, o seu rebanho. Sl 100.3
II. NÓS SOMOS POVO DE DEUS.
"Eles serão o meu povo..." Jr 32.8
Meu povo, eu, o SENHOR, sou o seu Deus... Êx 20:2

  • Pertencemos a Ele. Mas vocês são a raça escolhida, os sacerdotes do Rei, a nação completamente dedicada a Deus, o povo que pertence a ele. 1Pe 2:9 
  • Pertencemos "exclusivamente" a Ele. Foi ele quem se deu a si mesmo por nós, a fim de nos livrar de toda maldade e de nos purificar, fazendo de nós um povo que pertence somente a ele e que se dedica a fazer o bem. Tt 2:14
  • Atitudes do povo de Deus: Sl 79:13. Então nós, que somos o teu povo, que somos ovelhas do teu rebanho, nós e os nossos descendentes:
  1. "Te daremos graças para sempre e"
  2. "Cantaremos hinos de louvor a ti hoje e nos tempos que estão por vir. "
III. DEUS NOS ABENÇOA.
"nunca deixarei de lhes fazer o bem" Jr 32.40
  • Ele cuida de nós. Ele é o nosso Deus; nós somos o povo que ele guia, somos o rebanho do qual ele cuida. Escutem hoje o que ele nos diz. Sl 95:7
  • Ele tem a benção "guardada" para nós. Nós somos seus filhos, e por isso receberemos as bênçãos que ele guarda para o seu povo, e também receberemos com Cristo aquilo que Deus tem guardado para ele. Porque, se tomamos parte nos sofrimentos de Cristo, também tomaremos parte na sua glória. Rm 8:17
  • Ele tem bênçãos prometidas para nósPortanto, é Cristo quem consegue fazer uma nova aliança, para que os que foram chamados por Deus possam receber as bênçãos eternas que o próprio Deus prometeu. Isso pode ser feito porque houve uma morte que livrou as pessoas dos pecados que praticaram enquanto a primeira aliança estava em vigor. Hb 9:15
IV. NÓS O OBEDECEMOS.
"Eu lhes darei este único propósito na vida: temer sempre a mim" Jr 32.40
  • Dedicação e ObediênciaVocês foram escolhidos de acordo com o propósito de Deus, o Pai. E pelo Espírito de Deus vocês foram feitos um povo dedicado a ele a fim de obedecerem a Jesus Cristo e ficarem purificados pelo seu sangue. Que vocês tenham, mais e mais, a graça e a paz de Deus! 1Pe 1:2 
  • Domínio total de nossa consciência. As armas que usamos na nossa luta não são do mundo; são armas poderosas de Deus, capazes de destruir fortalezas. E assim destruímos idéias falsas e também todo orgulho humano que não deixa que as pessoas conheçam a Deus. Dominamos todo pensamento humano e fazemos com que ele obedeça a Cristo. 2Co 10:4-5
CONCLUSÃO: Essas bênçãos são para vocês que, por meio da fé, são guardados pelo poder de Deus para a salvação que está pronta para ser revelada no fim dos tempos. 1Pe 1:5



Mensagem pregada dia 28/11/2010 – Igreja Batista Nacional Vale das Bênçãos (Matriz)


 

A TRADIÇÃO QUE RECEBEMOS.

Mandamo s -vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segu...