terça-feira, 26 de novembro de 2013

MINHA FAMÍLIA NECESSITA DE SEU AUXÍLIO


 Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. Lc 10:38

O texto do tema coloca o Senhor Jesus dentro da casa de Lázaro, e apesar do texto não ser rico em detalhes, Lucas consegue descrever um raro momento em que o Senhor Jesus se assenta para compartilhar alguns bons momentos em família, nesta casa. O que sabemos é que Lázaro era um amigo amado do Senhor Jesus, bem como suas irmãs Marta e Maria também o era. Estava enfermo Lázaro, de Betânia, da aldeia de Maria e de sua irmã Marta...Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. Jo 11:1,5. Parece que entre outras coisas, Lucas quer nos chamar a atenção para uma prática que foi bastante difundida entre os povos bíblicos, principalmente entre os judeus, que foi a hospitalidade. O termo significa Bom acolhimento dispensado a alguém, e consiste em abrirmos as portas de casa para acolher pessoas que passem em viajem e não tenham onde pernoitar. Hb 13:2 - Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos. A hospitalidade se tornou uma prática tão comum entre os judeus que os apóstolos aconselhavam a igreja a práticar este costume. Rm 12:13 Compartilhai as necessidades dos santos; praticai a hospitalidade. A hospitalidade contribuía para que as pessoas estreitassem suas amizades, e em muitos casos os hóspedes, se tornavam tão íntimos dos hospedeiros, que sempre que voltavam a cidade, procuravam exatamente a mesma casa, onde geralmente eram sempre muito bem recebidos, eram quase que um parente.  A narrativa de Lucas inicia-se exatamente com Jesus entrando para hospedar-se em casa de Marta. Lc 10:38 Jesus e os seus discípulos continuaram a sua viagem e chegaram a um povoado. Ali uma mulher chamada Marta o recebeu na casa dela. Marta morava com seu irmão Lázaro e sua irmã Maria num pequeno povoado chamado Betânia. Betânia era uma aldeia ou vila que ficava localizada no lado do Jordão oposto a Jerusalém. Estas coisas se passaram em Betânia, do outro lado do Jordão... Jo 1:28. Ficava bem próximo ao Monte das Oliveiras. Quando se aproximavam de Jerusalém, de Betfagé e Betânia, junto ao monte das Oliveiras... Mc 11:1. Cerca de 15 estádios, ou 3Km de Jerusalém na estrada para Jericó. Ora, Betânia estava cerca de quinze estádios perto de Jerusalém. Jo 11:18. Betânia era uma cidade pequenina, e ao que parece, Jesus a conhecia muito bem, afinal, Ele gostava de visitá-la, e inclusive, gostava de passar a noite por ali.E, deixando-os, saiu da cidade para Betânia, onde pernoitou. Mt 21:17. Afinal, diante deste texto somos levados a perguntar: quem era Marta, quem era Maria, quem foi Lázaro? O que podemos aprender com o episódio descrito por Lucas em relação a esta casa? Pouco sabemos desta família, a não ser a relação que eles mantinham com o Mestre, nada mais é dito a respeito deles... Talvez este tema de hoje nos ajude a ver com um pouco mais de atenção este fato bíblico e possamos reunir lições que uma vez aprendidas podem ser aplicadas em nossa casa e nossa família...
O texto Lucano, dá um salto na sua narrativa, e deixa de mencionar alguns fatos preliminares antecedentes ao ponto crucial do texto, que é o momento em que Marta é suavemente repreendida pelo Senhor Jesus...

I. MARTA, UMA AUTÊNTICA DONA DE CASA.
Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Lc 10:41. O nome "Marta" se origina de uma forma aramaica não encontrada em hebraico e tem o sentido de "Senhora" ou "Dona". Ocorre somente no NT e é aplicado apenas a uma pessoa, a irmã de Lázaro.
·         Lc 10.38 - ...E certa mulher, chamada Marta...
·         Jo 11.1 - ...Betânia, da aldeia de Maria e de sua irmã Marta. 
·         Jo 11.5 - Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro.
É perceptível por sua liderança, que Marta era a irmã mais velha de Maria, pois ela não consegue esconder sua insatisfação com a atitude da irmã e recorre ao Mestre. Talvez as excessivas preocupações com a refeição e com a casa moveram marta nessa direção. Marta estava tão ocupada com o trabalho da casa, que não conseguiu ver nenhum ponto positivo na atitude de sua irmã. Mas Marta era assim mesmo, uma mulher extremamente devotada ao Senhor Jesus, porém uma dona de casa extremamente zelosa com os seus afazeres domésticos ...Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Não existe absolutamente nada no texto de Lucas possa indicar uma Marta descrente ou infiel, pelo contrário, é mais fácil acreditar que ela era uma seguidora exemplar do Senhor Jesus, pois o texto diz que Jesus amava a Marta. Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. Jo 11:5. Mais mesmo o amor incomparável ao Mestre Jesus, não tirava de Marta o zelo que possuia em manter sua casa sempre em ordem. Ora, quem é que vos há de maltratar, se fordes zelosos do que é bom? IPe 3:13

II. MARIA UMA CRISTÃ DEVOTADA
Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Lc 10:39. O nome Maria era a forma helenizada do nome hebraico Miriã que na Tradução dos LXX aparece como Mariã (irmã de Moisés), e mui possivelmente o nome se deriva do vocábulo egípcio Marye que significa "amada". Assim era Maria, uma mulher amada por todos, extremamente dedicada as coisas espirituais, sempre procurando uma maneira de ficar próxima do Mestre para ouvi-lo e aprender com Ele. Isto não quer dizer que Maria fosse desleixada ou coisa parecida. Maria não seria tão amada não fosse uma mulher atenciosa, cuidadosa e fiel ao Senhor Jesus. Lucas dá a entender que Maria dava mais atenção para as riquezas espirituais do que para as coisas terrenas, talvez nisso ela fosse um pouquinho diferente de sua irmã Marta.

III. LÁZARO, UM HOMEM RESERVADO.
Quanto a Lázaro, os estudiosos do NT parece conhecerem bem Marta e Maria as duas irmãs da casa de Betânia, mas quase nada parecem saber em relação ao caráter deste amigo de Jesus. Alguns chegam a arriscar que Lázaro era o jovem rico de Lc 18, mais é pura fantasia. Lázaro não aparece na história da Bíblia por nenhuma qualidade excelente de sua personalidade, ou muito menos por qualquer grande feito ou realização. Somente uma coisa coloca Lázaro na história: o maravilhoso milagre que Jesus operou restituindo-lhe a vida após quatro dias morto. Lázaro, talvez fosse o mais comum tipo de homem mencionado na Bíblia, dificilmente conhecido a 1km de distância de sua casa, no entanto foi com ele que aconteceu tamanha demonstração do poder de Deus.

A CASA QUE RECEBEU O SENHOR JESUS
Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. Lc 10:38. J
esus ao chegar a Betânia, é para a casa de Lázaro que ele vai, e é recepcionado por uma de suas irmãs, talvez a mais velha chamada Marta. Afinal parece que sempre era assim que acontecia! Quando Marta soube que Jesus estava chegando, foi encontrar-se com ele. Porém Maria ficou sentada em casa. Jo 11.20. A cena que se segue não é difícil de imaginar. Marta, certamente recebe Jesus ainda do lado de fora da casa, quem sabe, no portão. Ela o abraça calorosamente, e fica assim por alguns instantes. Não temos nenhuma informação a respeito de como era esta casa, mas podemos imaginar...  Imaginemos uma casa bem grande... com muitos cômodos... bastante espaçosa... onde podiam se acomodar muitas pessoas... Jo 11:19 e muitas pessoas tinham vindo visitar Marta e Maria para as consolarem por causa da morte do irmão.
Ou uma casa bem pequena, simples... Sinceramente, isto não faz a menor diferença. Quando chegamos para ser "hospedes" em uma casa, não é com a disposição dos móveis ou das mobílias que nos preocupamos, A coisa mais importante para um hóspede, é ser bem recebidos.

I. O QUE JESUS ENCONTRAR PELA FRENTE.
Quando chegamos a uma casa para ser hóspede, ou mesmo para apenas uma visita a uma casa, algumas situações podem ser o diferencial entre a nossa permanência ou a nossa retirada prematura daquela residência. Precisamos então imaginar uma cena para a chegada do Mestre: A hora, talvez por volta das 09 ou 10 horas da manhã. O sol já escaldante queimando lhe a fronte é um convite a procurar um local para o descanso, e Jesus escolhe esta casa, e vem sem avisar... O que acontece quando alguém vem sem avisar? Duas situações bastante diferente podem acontecer, Vamos imaginar duas cenas:

1. Uma casa para nunca mais voltar
Como são apenas entre 09 ou 10 horas da manhã, as meninas, certamente acabaram d acordar... os seus cabelos ainda estão despenteados, e as suas roupas meio que desengonçadas, pois são as mesma roupa que usaram para dormir naquela noite, elas ainda não tiveram tempo de se trocar... Como acabaram de acordar, também não tiveram tempo para arrumar a casa, nem fazer o café afinal, são apenas as primeiras horas da manhã, e Jesus, nem avisou que vinha... A sala, quase sempre é o primeiro lugar onde somos recepcionados como hóspedes, e, na maioria das vezes na sala que ficamos por um bom tempo alimentando nossa conversa e colocando o papo em dia. Mas ao chegar a porta da sala, Jesus encontra uma a primeira dificuldade, e quase não consegue entrar... fica por um tempo parado... o chão está coberto de brinquedos espalhados por todos os lados. (Talvez de algum sobrinho ou filho de algum amigo da família). Além disso, nos sofás, algumas roupas foram entulhadas de qualquer maneira desde a noite passada, e ainda aguardam uma mão abençoada que possam dobrá-las e colocá-las em seus devidos lugares. Isto impede qualquer acomodação por parte de qualquer visitante, e Jesus tem de ficar em pé, até que alguém "ajeite" esta bagunça! Pela sala, mesmo sem querer, pode-se notar uma certa confusão de fios dependurados pelas paredes. São fios de TV a cabo disputando espaço com fios de tomadas, e até enfeites de natal que foram esquecidos desde a festa de natal do ano passado. No carpete, papel espalhado, talvez por alguma brincadeira das crianças que foram dormir muito tarde na noite passada, ou talvez, seja resíduos de algum "trabalho" realizado por Marta ou Maria que ainda não foi desfeito, ficando a limpeza deixada para o dia seguinte. Jesus, meio sem jeito, consegue passar em meio a esta bagunça, e, convida também os discípulos a entrarem. Só não sabem como entrarão! A convite de Marta, sempre muito atenciosa (meio sem graça) talvez, alguns dos discípulos sejam convidados a ir a cozinha para ajudá-la no preparo do café... Na cozinha, os discípulos se deparam com uma enorme pia repleta de pratos empilhados, com o resto do jantar da noite passada. Algumas folhas de verduras que não foram aproveitadas na salada se misturam com dejetos e sementes que entopem o ralo da pia mantendo nela uma água acinzentada que esconde um pouco mais da sujeira nela contida. Talvez alguém se apresente para lavar estas louças... Na mesa, ainda existem copos espalhados, talheres que ainda não foram retirados. Isto forma um verdadeiro exército junto a pedaços de pão e resto de manteiga. (Talvez Lázaro tenha acordado primeiro e já tenha tomado o seu café) Marta procura o coador por entre a bagunça e, ainda meio sem graça, tentando disfarçar a bagunça deve dizer: Tenho certeza que deixei por aqui, em algum lugar! Como não encontra, ela pensa em reaproveitar o que ainda está na cafeteira, é só retirar o pó envilecido da noite passada colocar um novo... Convidado a assentar-se, o Mestre encontra outra dificuldade pois as cadeiras, que deveriam compor a mesa que está na sala, estão todas espalhadas pela casa... Finalmente, Jesus consegue entrar e, mesmo que meio apertado entre alguns objetos que foram "entulhados" num cantinho, por falta de espaço, Jesus consegue assentar-se Lázaro, chega neste momento e abraça o amigo, em seguida aperta a mão dos que acompanham o Mestre. Marta aproveita que seu irmão está distraindo o Mestre, e corre ao banheiro para ver como estão as coisas... O que ela encontra não é nada bom, aliás, é desanimador. O vaso sanitário está cheio, até a boca... Marta ia puxar a cordinha da descarga, mais, a cordinha não estava lá. No mês passado a cordinha arrebentou e Lázaro ainda não teve tempo de consertar... Ele deve ser um homem muito ocupado! Ela ia fechar o vaso para, pelo menos disfarçar o mau cheiro, mais a tampa estava solta, os parafusos de fixação estavam frouxos e se perderam... No box, resto de sabonete misturado aquelas sujeirinhas que saem do corpo, no banho e outras coisas não identificadas como cabelos, pelos, etc. A melhor solução talvez seja interditar o banheiro até que alguém consiga dar um jeito nisto! A demais é só orar fervorosamente para que nenhum dos visitantes tenha uma dor de barriga inesperada... Der repente Marta se lembra: E se Jesus resolver dormir por aqui? Ela corre até o quarto de hospedes e encontra as roupas de cama esparramadas, desarrumadas. Crianças... Por todos os lados do quarto as roupas entulhadas juntam-se a toalhas molhadas jogadas pelos cantos. As gavetas do guarda roupa quebradas impedem o fechamento das portas, deixando a vista um bolo de roupas sujas que esperam pacientemente a hora de irem para a máquina de lavar... A porta do quarto emperrada, suas dobradiças, fazem um barulho parecido com o de uma garça mal humorada... Tudo simplesmente porque eles esqueceram de passar um pouquinho de graxa ou dar um jatinho com algum spray desingripante destes que se vende por aí. De volta a sala, Marta percebe a TV ligada num som acima do necessário, o que impede qualquer tipo de conversa civilizada, ao mesmo tempo em que Lázaro fala sem parar. As crianças, brincando, correm dentro da casa, e algumas brincadeiras acabam em brigas resultando em choros e gritos estridentes... Maria, por sua vez estava tão atenta a novela (o Felix estava sendo desmascarado) que nem percebeu a chegada do Mestre Jesus, por certo não ficaria nem uma hora para ser hospede numa casa assim...

2. CONVIDADOS A FICAR
Com certeza esta descrição, com não condiz com a Marta da Bíblia... Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. Lc 10:40. A casa de Marta, pelo expressão de Lucas em seu texto era uma casa que dava gosto visitar. O fato de Lucas enfatizar sua agitação em andar de um lado para outro nos faz ver sua preocupação em manter as coisas em ordem. Marta agitava-se de um lado para outro, ocupada em muitos serviços. A limpeza, a cordialidade, eram um convite para qualquer hóspede ou visitante ficar... Além disso, os dotes culinário de Marta também deviam ser um diferencial. A mesa repleta de deliciosas guloseimas preparadas por ela, com certeza, "prendiam" qualquer hospedes pelo estômago. Os cômodos sempre bem arrumadinhos, arejados pelas janelas bem expostas eram outro convite para "relaxar..." Jesus, em vista da constante preocupação de Marta com a casa, apenas balançava a cabeça e dizia: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. Lc 10:41 Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada. Lc 10.42 Lázaro tinha duas irmã, uma extremamente dedicada no cuidado com a casa, e outra irmã preocupada em ouvir os ensinos do Mestre. Elas eram um pouco diferentes. Marta, era o tipo de mulher que não abria mão de uma casa bem arrumada. Maria não perdia uma oportunidade de assentar-se aos pés do Senhor Jesus, e aprender com ele. Não resta dúvida que existe uma grande diferença entre os gênios destas duas irmãs. Mais era exatamente esta diferença entre elas que levava o Mestre Jesus ir sempre a Betânia, e hospedar-se ali em casa de Marta e Maria A história da Bíblia nos serve de modelo para que hoje, possamos olhar para ambas e ver o que de bom podemos aproveitar delas para moldarmos nossa vida, nossa casa de forma a agradar o nosso Mestre e ao mesmo tempo tornar nossa casa um lugar agradável para ficar...

Em Maria encontramos toda expectativa de uma mulher desejosa de sempre estar ao lado do Senhor Jesus para aprender com Ele Enquanto em Marta encontramos a beleza de uma mulher zelosa e extremamente cuidadosa com a casa e com a família. Se pudermos unir estes dois atributos, talvez possamos fazer de nossa casa um lugar tão agradável que se torne um refúgio para pessoas que ainda hoje gritam: Senhor, minha família precisa de teu auxílio...

Mensagem pregada na ADECEN (Assembleia de Deus no Centenário), Congregação Monte das Oliveiras dia 22/11/2013

PREPARANDO-SE PARA O SERMÃO

SALA DE ESTUDO Antes de começarmos a desvendar todos os mistérios concernente o preparo do sermão propriamente dito, será de ...