domingo, 2 de dezembro de 2012

O MISTÉRIO DA INIQUIDADE



2Ts 2.7. Pois o mistério da iniquidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora.

Introdução. São oito horas da manhã, o dia amanhece aparentemente normal. É sábado, 9 de agosto de 1969. Uma mulher caminha apressada, seu nome, Winifred Chapman, 53 anos, empregada doméstica. Ela trabalha na Rua Cielo Drive, próximo a Hollywood em Los Angeles, Califórnia, na mansão localizada no número 10050. A razão da pressa de Winefred. Ela está atrasada. Mesmo com toda sua pressa, Winifred não é impedida de notar que há um fio, talvez de telefone, caído sobre o imenso portão da entrada. Ao perceber este detalhe, ela se aproxima da casa, mais com um certo receio. Winrfred percebe ambém que as luzes do lado de fora ainda estão acesas. Ela começa a entrar, na garagem e no imenso gramado em frente a luxuosa mansão estilo country, há vários carros estacionados. Isto porém é normal. Mas Winifred sente que há alguma coisa estranha, pois há um pesado silêncio que parece envolver a casa inteira. Com cautela e algum receio, a empregada entra pela porta da frente. Realmente há alguma coisa muito estranha ali, pois na grande sala-de-estar alguns móveis foram remexidos, tirados do lugar. O sofá, por exemplo foi colocado transversalmente entre o piano, a escrivaninha e a comprida mesa. Há algo ainda mais estranho, pois estendida sobre o encosto do sofá, há uma enorme bandeira norte americana. Com medo, ela se aproxima do centro da sala, Winifred nota sobre a bandeira várias manchas de sangue! Sua coragem só lhe permite chegar um pouco mais a frente até conseguir ver de relance, dois corpos caídos a frente do sofá, horrivelmente multilados, cobertos de sangue. Winifred grita assustada com a cena, e, imediatamente sai correndo. Ao passar por entre os carros estacionados, ela ainda consegue ver que dentro de um deles, um Rambler de cor branca, há um homem ensanguentado, caído para o lado interno do assento. Os vizinhos que ouviram os gritos de Winifred logo correram em seu socorro, e em poucos minutos, atendendo a um chamado telefônico, uma viatura da policia estaciona diante do número 10050 da Cielo Drive. Dois policiais, saltam do carro, conversam rapidamente com algumas pessoas que socorreram Winifred, abrem o grande portão e se preparam para entrar na casa grande e silenciosa. Antes que atravessem o gramado, outro policial chega unindo-se a eles.

Os três policiais se dirigem primeiro ao carro Rambler. Há realmente um corpo lá dentro. Está sentado no lugar do motorista e tombado para lado. É um homem que parece não ter mais de 20 anos de idade, cabelos avermelhados, trajando camisa axadrezada e calça jeans azul. Sua roupa está enxarcada de sangue. Os policiais inspecionam o interior dos outros carros, mas nada encontram. Em seguida dão a volta a casa e, um deles percebe que, próximo a porta lateral da mansão estão estendidos os corpos ensanguentados de um homem e uma mulher. Trajando calça de vàrias cores e camisa vermelha, ele está caído de lado, a cabeça repousando no braço direito, a mão esquerda segurando a grama. A mulher, que parece ter pouco mais de 20 anos, está caída de costas, os braços estendidos, a camisola ensanguentada, descalça, com os longos cabelos negros soprados pela brisa suave da manhã. Os policiais resolvem se separar para entrar na casa. Se houver alguém armado lá dentro não conseguirá alvejá-los de uma só vez. Após inspecionarem vários cômodos, finalmente chegam a sala-de-estar. Ali, a cena realmente é por demais chocante até para eles policiais experientes.

Caída de lado, diante do sofá está uma moça grávida. É Sharon Marie Tate, atriz, esposa do cineasta Roman Polanski. Seu corpo foi perfurado 16 vezes por uma comprida lâmina de baioneta. Dando duas voltas no seu pescoço, há uma corda de nylon. Uma das suas pontas está presa no teto, e a outra se estende até o pescoço de um homem que jaz ali perto. É Jay Sabring, amigo de Sharon e dono da empresa Sebring International. Tem 35 anos. Ele morreu com as mãos erguidas perto da cabeça, como se tivesse tentando impedir que lhe dessem um tiro e sete perfurações de baioneta. As outras três pessoas que estão lá fora mortas são Abigail Anne Folger, de 25 anos, herdeira do Café Folger, e seu marido, Wojocich Frikowki, de 32 anos. O rapaz que está dentro do carro é Steve Parent, de apenas, 18 anos. Seriam necessários vários meses de investigação, prisões, interrogatórios e a mobilização dos melhores policiais norte-americanos para que os EUA e o mundo ficasse sabendo que o assassinato daquelas cinco pessoas, mais um casal, (Leno de La Bianca, dono de uma rede de supermercados, e sua esposa, Rosemary), assassinados na noite seguinte, tinha sido praticado por um grupo de hippies organizados como uma seita satânica denominada "IGREJA FINAL".

POIS O MISTÉRIO DA INIQUIDADE JÁ OPERA... v. 7
"...Já está em ação..." (NVI)
Será que existe alguma explicação razoavel que seja capaz de nos fazer entender porque episódios macabros e sangrentos como este continuam acontecendo?
1Jo 5.19 Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no malígno
A resposta pode estar no fato de que sempre esperamos que a ação de alguém que seja identificado como anticristo, aconteça somente em um tempo qualquer localizado num futuro escatológico, e distante. Porém cada vez mais, tem surgido movimentos cuja ação diabólica pode ser facilmente identificada. Na descrição de Paulo, há um tal de "mistério da iniquidade" prontamente em ação em nossos dias 

A Igreja Final, não fosse os assassinatos cometido por seus seguidores, seria, talvez, apenas mais um movimento religioso, com características estranhas ao cristianismo bíblico, que como tantos outros apareceu de forma rápida, e também de forma rápida por certo teria desaparecido. Porém, mais que um simples movimento, este grupo provou por suas ações nojentas, um macabro envolvimento satânico de grandes proporções, e muito perigoso. Uma ação diabólica no sentido de destruir vidas.

Não devemos crer que esta ação maligna descrita por Paulo seja unicamente de caráter escatológico. Satanás tem encontrado através dos tempos, pessoas que por uma situação qualquer de fracasso, deslize ou por uma decepção tornam seus corações um campo propício para as suas ações perversas. Tornam-se instrumentos do maligno prontos para serem utilizados para o mal, numa escalada maligna da operação do erro. Assim descritas pela Bíblia: Sl 140.2 - Os quais maquinam maldades no coração, estão sempre projetando guerras. Eles não tem nenhum projeto para o bem. São pessoas más, num envolvimento com o mal, prolongando seus dias de maldade. Ec 7.15b ...há impios que prolongam seus dias na maldade.

Eles entraram na mansão, poucos minutos após a meia-noite, e executaram a todos os que estavam lá dentro. A descrição dos detalhes revela pessoas completamente envolvidas com o mal e totalmente desprovidas de Deus. O melhor retrato destas pessoas encontra-se na descrição de Paulo em Rm 1.29 Estando cheios de toda injustiça, malícia, cobiça, maldade, cheios de inveja, homicídio, dolo, contenda e malignidade.

ENTÃO SERÁ REVELADO ESTE INÍQUO... v. 8
O líder do tal movimento satânico chama-se Charles Milles Manson, nascido em 12 de Novembro de 1934 no Cincinnat. O grupo era composto exclusivamente de rapazes e moças entre seus 20 e 23 anos de idade. Viviam na periferia das cidades, vendendo drogas, roubando, praticando sexo grupal e realizando cerimônias ritualísticas onde supostamente liam o livro do Apocalipse, ao som das músicas dos Beatles. O resultado destas reunioës: Colocam em prática toda maldade gerada em seus corações perversos. Mt 7.21,22 - Pois é do interior do coração dos homens que procedem os maus pensamentos as prostituíçõs, os furtos, os homicídios, o adultério, a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a insensatez. As reuniões aconteciam numa velha casa, que Charles havia batizado de "The Yellow Submarine" (Submarino Amarelo), título de uma canção dos Beatles. Manson não  se reunia para ler a Bíblia, ele apenas citava alguns versículos isolados, completamente fora de seus contextos, e terminava suas reuniões com uma audição dos Beatles, sobretudo das músicas que pertenciam ao "Álbum Branco", título de um LP lançado pela gravadora Capitol, em 1968.

A ESSE INÍQUO CUJA VINDA É SEGUNDO A EFICÁCIA DE SATANÁS. v. 9
Manson, "um perverso que veio segundo a ação de Satanás". Era filho de uma prostituta, mais isto não o faz diferente dos outros, muito menos serve de desculpa para a vida que ele mesmo escolheu. Jefte, também foi filho de uma prostituta e nem por isso saiu por aí destruindo a sua vida, e muito menos a vida de pessoas inocentes. Pelo contrário, ele é descrito na Bíblia como um "guerreiro valente" ou "homem valoroso" Jz 11.1 Era Jefeté, o gealedida, homem valoroso, porém filho de uma prostituta; mas Gileada gerara a Jefeté.. Manson frequentou reformatórios juvenis pelos quatro cantos dos EUA. Somente em 1967, saiu da prisão com 33 anos de idade, tendo permanecido preso desde os 9 anos de idade. Jr 6.7 Como o poço conserva frescas as suas águas, assim ele conserva fresca a sua maldade, violência e estrago se ouve nela, enfermidade e feridas há diante de mim continuadamente.

AS PREGAÇÕES DO INÍQUO.
Manson pregava que a vida é uma prisão insuportável, e que eles, os membros da tal Igreja Final, deveriam libertar as melhores pessoas dessa situação de sofrimento, matando-as. (Porque primeiro não pensaram em libertar a si próprios?) Os seguidores de Manson, estavam tão profundamente influenciados por suas doutrinas satânicas, que uma das assassinas de Sharon Tate, Susan Atkins, assim se expressou: É preciso ter um amor de verdade no coração para se fazer isso pelas pessoas. Amor de verdade no coração? Que espécie de amor é este que mata pessoas? Que espécie de amor consegue se divertir enquanto vidas de jovens, são tiradas de forma estúpidas e cruel? O amor da Bíblia é completamente oposto a tudo que este bando pregava ou fazia. 1Co 13.4-7 O amor é sofredor, é benigno, o amor não é invejo, não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente  não busca seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O verso cinco é enfático quando diz: "o amor não maltrata". Susan Atkins, 20 anos, contou que ao entrarem na mansão, e matarem a tiros o rapaz que estava dentro do carro, (Steve Parente), sua atitude seguinte foi correr e agarrar Sharon Tate, enquanto Manson e os outros corriam atrás dos hóspedes da atriz, para matá-los. Quanto a Sharon, eles a matariam em meio a um ritual satânico, durante o qual uma bandeira dos EUA seria usada. Susan confessou que enquanto se preparava para perfurar várias vezes o corpo da atriz com a comprida baioneta, Sharon olhou para ela e suplicou chorando: Por favor, não me mate! Por favor, não me mate! Quero viver, quero ter o meu bebêSharon estava no oitavo mês de gravidez, a quinze dias de dar a luz. Susan, fitou a atriz nos olhos e respondeu: Escute aqui sua (...), não me importo com você. Não me importo se vai ou não ter um bebê  É melhor se preparar. Vai morrer e não sinto coisa alguma por causa disto. Como Susan podia falar de amor, se ela e seus companheiros tornaram-se em instrumento de tirar vida de pessoas jovens de forma cruel e maligna, e ainda consegue confessar, não sentir coisa alguma com isto? Será o cumprimento de 1Tm 3.1-4 Sabe porém isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos, pois os homens serão amantes de si mesmo, gananciosos, presunçosos  soberbos, blasfemo  desobedientes a seus pais, ingratos impios, sem afeição natural, implacáveis  caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigo dos deleites do que amigos de Deus.

FRUTOS DA MENSAGEM MALIGNA.
Eles eram fruto de uma ação diabólica, Susan e os demais membros desta famigerada família, sentiam uma falsa sensação de poder a ponto de acharem-se capazes de julgar quem devia ou não viver, quem podia ou não viver.
v. 9b - ...com todo poder e sinais e prodígios de mentira
Todo este poder é mentiroso, logo eles iriam perceber a burrada em que se meteram, infelizmente, principalmente para aqueles que estavam na mansão naquela noite, eles perceberiam isto um pouco tarde demais.
v. 10 - e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos.

E POR ISSO DEUS LHES ENVIA A OPERAÇÃO DO ERRO, PARA QUE CREIAM NA MENTIRA. v. 11
1Jo 2.18 - Filhinhos, esta é a última hora; e, conforme ouvistes que vem o anticristo, já muitos anticristos se tem levantado; por onde conhecemos que é a última hora.
O anticristo não é só aquele que se passa por Cristo, mais aquele que se mostra contrário a tudo o que diz respeito a Cristo. Manson, assim como tantos outros falsos líderes que se levantaram para a maldade, não só se enquadrou perfeitamente na figura do anticristo, como também não perdeu a oportunidade de tentar se passar pelo Senhor Jesus Mt 24.11 - Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. A operação do erro é uma habilidade de satanás que leva pessoas como Manson, a conseguir com certa facilidade, enganar as pessoas a ponto de levá-las a práticas nocivas e destruidoras como o da Igreja Final. 2Jo 1.7 - Porque já muitos enganadores sairam pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Tal é o enganador, é o anticristoManson passou a referir-se a si mesmo como "Man`s Son" (Filho do Homem), levando seus seguidores a crerem que ele era o "Cristo", e que os membros da "família" eram os "escolhidos de Deus", e que pós o inicio do que ele chamava de A Grande Confusão, ou o Helter Skelter, ele os levaria para o deserto. Lá havia um poço, um buraco cuja localização só ele conhecia. Através daquele buraco, eles desceriam até o centro da terra, onde encontrariam uma cidade de ouro, com rios de leite e mel, árvores que davam frutos variados, um para cada mês do ano. Ali, os escolhidos se multiplicaria até somarem 144 mil, Manson ensinava que os quatro cavaleiros mencionados em Ap 7.1, eram os Beatles (Jonh Lenon, Paul McCartiney, George Harinson e Ringo Star). O quinto anjo de verso 2, segundo Manson, seria Stuart Sutcliff o quinto Beatles que morrera em 1962 na Alemanha. Para os seguidores, este quinto anjo seria o próprio Manson, já que fora esse anjo que abrira o poço do abismo, e detinha sua chaves, poder que Manson dizia possuir.

...PARA QUE CREIAM NA MENTIRA..
Porque tanta gente é seduzida por pessoas como Manson, e tornam-se seguidores extremistas, como no caso da "família"? Pessoas como Manson, possuem da parte do maligno  o que Paulo chama de "poder sedutor" ou "operação do erro" As características são, quase sempre as mesmas:

1. ELES APARENTAM SEREM PESSOAS BOAS E SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES SÃO DISFARÇADAS POR FRASES DE EFEITO E DISCURSOS MENTIROSOS. Mt 7.14. Guardai-vos dos falsos profetas, que vem a vós disfarçado de ovelhas, mais interiormente são lobos devoradores.

2. ELES DEMONSTRAM CERTA DEVOÇÃO A CRISTO, MAS ARROGAM PARA SI UMA OBEDIÊNCIA IRRESTRITA POR PARTE DE SEUS SEGUIDORES. 2Co 11.13 - Pois os tais falsos apóstolos  obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo.

3. ELES TORNAM-SE INSTRUMENTO DO ERRO COM TANTA EFICÁCIA QUE SÃO CAPAZES DE ACREDITAREM EM SUAS PRÓPRIAS MENTIRAS?
1Tm 4.2 - Pela hipocrisia de homens que falam mentira e tem sua própria consciência cauterizada.

Conclusão:  v.13 - Mas nós devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados do Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a santificação do espírito e a fé na verdade.
A fé na verdade, é a nossa melhor arma contra a operação do erro. Enquanto houverem pessoas dispostas a darem ouvidos a mentira, pessoas de bem correrão o risco de ter suas vidas ceifadas como na mansão da Cielo Drive. Em contra partida, enquanto houver uma igreja que ore e que viva segundo os preceitos bíblicos, pessoas continuarão sendo salvas e mundo livre de pessoas como Manson e sua família do mal

O DESFECHO FINAL
Charles Manson, na época, com 37 anos, foi acusado por seis assassinatos, e levado a justiça junto com Tex Watson, Susan Atkins, Patricia Krenwinkel, e Leslie Van Houten. A promotoria referiu-se a Manson como homem mais malígno e satânico que ja caminhou na face da terra.

Linda Kasabian que participou dos ataques mas não matou ninguém, recebeu imunidade (delação premiada) e atuou como testemunha de acusação, porém depois de algum tempo sumida sob proteção judicial, Kasabian foi presa por tráfico de drogas. O quinteto foi sentenciado a morte em 1971, mas com a mudança das leis penais no estado, em 1972, a pena foi alterada para prisão perpétua. Manson tem o direito de acada cinco anos ser ouvido quanto a possibilidade de liberdade condicional, mais nem sempre comparece as audiências, e quando comparece, costuma ofender os oficiais da audiência, e fazer piadas sobre a formalidade do processo. Ele permanece encarcerado na Penitenciária Estadual de Corcoran, na Califórnia, em uma unidade especial de isolamento. Em sua última audiência em 11 de abril de 2012, Manson não compareceu e as autoridades concluíram que ele é ainda muito perigoso para ganhar liberdade, e deram um novo prazo para a revisão de seu caso. A próxima revisão será em 2027, quando Manson estará com 92 anos. Susan Atkins morreu na prisão em 2009, com um câncer no cérebro.

2Ts 2.12 - E sejam condenados todos os que não creram na verdade, mas tiveram prazer na injustiça.

A TRADIÇÃO QUE RECEBEMOS.

Mandamo s -vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segu...