terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O TEMPO DE SER TESTEMUNHAS


At 1.8 - Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder, e vocês serão minhas testemunhas em Jerusalém, e em toda a Judéia e Samaria, e até nos lugares mais distantes da terra.

O termo "receber poder" é a certeza de que aquilo que fora estabelecido por Deus, em Sua Palavra, concernente o "derramamento" do Espírito Santo, finalmente aconteceu. Jl 2.28 - O Senhor diz a seu povo: "Depois disso, Eu derramarei o Meu Espírito sobre todas as pessoas. Os filhos e as filhas de vocês anunciarão a minha mensagem. Os velhos sonharão e os jovens terão visão.

A cena em Atos dos Apóstolos se desenrola no cenáculo, o local de reunião, a mesma sala onde se comia a ceia. Por algum tempo, podia-se perceber diariamente, a presença, em uma reunião de oração, de um  grupo de pessoas, aproximadamente  120 entre homens e mulheres, todos os dias, desde que o Senhor Jesus fora  assunto ao céu, eles se reuniam naquele lugar. Haviam separado o local para "esperar" seguindo as orientações do próprio Mestre, por um tempo que havia sido determinado por Deus, em que algo, de fato, extraordinário deveria acontecer. At 1.4 - Um dia quando estava com os apóstolos, Jesus deu esta ordem: Fiquem em Jerusalém e espere até que o Pai lhes dê o que prometeu, coforme Eu disse a vocês. Pois de fato, João batizou com água, mas daqui a poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo.

O fato de terem perdido prematuramente a presença física do Salvador, pela crucificação, acarretou um abalo estrutural sem medida na vida daquelas pessoas. A comunidade daqueles que, junto com os apóstolos, seguiam a  Pessoa divina do Senhor Jesus, mesmo abalados pela perda, procuravam através da oração, manter-se  firmes num propósito de não permitirem que a chama da fé  se apagasse por completo.

Eles precisavam de um impulso, de uma força motriz que fosse maior do que  eles e fosse capaz de os impulsionar em direção aos objetivos finais que como  consequência dos últimos acontecimentos haviam de escrever a história do  Cristianismo. Sozinhos eles eram apenas como poeira em meio a um  acinzentado acúmulo de desilusões e derrotas. 

Por hora, eles deveriam esperar, e esperar, talvez fosse a única coisa que eles  conseguiriam fazer naquela altura dos acontecimentos. Todo o desenrolar da  história vai acontecer depois daquilo que haveria de suceder em cumprimento ao que se segue após a palavra "porém..."

I.QUANDO O ESPÍRITO SANTO DESCER SOBRE VOCÊS
A promessa concernente ao Espírito Santo havia sido renovada num discurso  feito pelo Senhor Jesus em Jo 14. Num momento em que os discípulos  mostravam-se inseguros diante  da expectativa desanimadora de um futuro incerto. Eles se viam nos últimos acontecimentos, segundo a  narração do Mestre, como órfãos que perdiam toda a referência patriarcal. Isto lhes causava uma agonia sem medida, por saberem que logo eles poderia estar sozinhos. O que levam Jesus a começar o seu discurso com a celebre frase: "não se turbe o vosso coração" Jo 14.16 - Eu pedirei ao Pai, e Ele vos dará outro auxiliador, o Espírito da Verdade, pra ficar com vocês para sempre.

Eles não ficariam sozinhos, a promessa dizia respeito a vinda do Consolador, o mesmo que o João o evangelista havia falado em uma outra ocasião, fazendo uma ligação entre Jesus e o Espírito Santo. Mt 3.11 - Eu os batizo com água para mostrar que vocês se arrependeram de seus pecados, mas aquele que virá após mim, vos batizará com o Espírito Santo e com fogo...

A ênfase do Mestre, não deixava nenhuma dúvida. Aquele momento era especial, e revestia-se de real importância, por causa daquele que havia de vir.  At 1.5 - Pois de fato, João batizou com água, mas daqui a poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo...

Ele estava falando do Espírito Santo, a terceira Pessoa da Trindade, Aquele que foi revelado ao longo das páginas das Sagradas Escrituras, e de quem os escritores bíblicos não se cansaram de falar. Logo no início, na criação é dito sobre Ele que, segundo o texto, pairava por sobre as águas  Gn 1.2 - A terra era um vazio, sem nenhum ser vivente, e estava coberta por um mar profundo. A escuridão cobria o mar, e o Espírito de Deus se movia por cima da água.

Ele pode ser visto  ainda atuando, mesmo que de forma esporádica e reservada, em certos homens na realização de obra especiais como em Bezalel a quem é concedida “inteligência, competência e habilidade”  Ex 31.2,3 - Eu escolhi Bezalel... e o enchi com o meu Espírito. Eu lhe dei inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho artístico;

Gideão e Jefte por sua vez recebem um condicionamento especial que os fez determinados a lutar com ousadia uma guerra da qual eles não se viam capazes de vencer. E venceram!
Jz 6.34 - E o Espírito do SENHOR dominou Gideão...
Jz 11.29 - Então o Espírito do SENHOR dominou Jefté...

No Antigo Testamento Ele fora prometido,  no Novo, Ele manifesta-se em muitas ocasiões especiais como por exemplo, no batismo de Jesus. Mt 3.16 - Logo que foi batizado, Jesus saiu da água. O céu se abriu, e Jesus viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre ele.

No quarto Evangelho, o ensino de Jesus quanto à obra do Espírito Santo toma maior envergadura, e se torna mais precisa em sua afirmativa com respeito a natureza divina do Espírito Santo: “Deus é Espírito” e a não ser que o homem experimente um novo nascimento “da água e do Espírito”, este homem não pode de forma alguma, entrar no reino de Deus. Jo 3.5 - Jesus disse: – Eu afirmo ao senhor que isto é verdade: ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito

Jesus falou do “Espírito” que haviam de receber todos os que nele cressem, o Espírito da verdade, por quem a verdade se expressa e é trazida ao homem. Ele havia de ser dado aos crentes pelo Pai, ficaria habitando neles e por sua atuação,  nos crentes e na igreja, glorificaria o Filho. Jo 16.13,14 - Porem quando o Espírito da Verdade vier, ele ensinará toda verdade a vocês. O Espírito não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que ouviu e anunciará a vocês as coisas que estão para acontecer. Ele vai facar sabendo o que tenho para dizer, e dirá a vocês, assim Ele trará glória para mim.

II. VOCÊS RECEBERÃO PODER.
A promessa havia se cumprido. O dia de Pentecoste trouxe com sigo o maior acontecimento no que diz respeito ao relacionamento entre Deus e o homem e entre o homem e sua relação com a Igreja. At 1.1-4 - Quando chegou o dia de Pentecostes, todos os seguidores de Jesus estavam reunidos no mesmo lugar. Derrepente veio do céu um barulho que parecia o de um vento soprando muito forte, e este barulho encheu toda a casa onde estavam sentados. E tão todos viram umas coisas parecidas como chamas, que se espalharam como línguas de fogo, e cada pessoa foi tocada por uma dessas línguas. Todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram falar em outras linguas, de acordo com o poder que o Espírito Santo dava a cada pessoa.

Poder (do latim potere) é, literalmente, o direito de deliberar, agir e mandar ( daí entendemos o ditado: manda quem pode, obedece quem tem juízo)Poder também, dependendo do contexto, é a faculdade de exercer a autoridade, a soberania, ou o império de dada circunstância ou a posse do domínio, da influência ou da força.

Para a sociologia poder, geralmente, é visto como a habilidade de impor a sua vontade sobre os outros, mesmo se estes resistirem de alguma maneira. Existem, dentro do contexto sociológico, diversos tipos de poder:
O poder social (de Estado)
O poder econômico (poder Empresarial)
O poder militar (poder político);  entre outros.

No contexto bíblico, o poder que o Espírito Santo concede ao crente, deve ser entendido como uma capacitação especial de autoridade e de força que visa o condicionamento do crente para o desenvolvimento da obra de Deus a ser realizada na Igreja. É este condicionamento que nos faz capazes de agir com plena confiança de que Deus está no controle das circunstâncias. Rm 15.13 - Que Deus que nos dá essa esperança, encha vocês de alegria e de paz, por meio da fé que vocês tem nele, a fim de que a esperança de vocês aumente pelo poder do Espírito Santo.

Essa capacitação, não deve ser entendida como dotação sobrenatural no sentido de fazer de nós pessoas com super poderes tais que fujam da realidade da Igreja. Não teremos capacidade de voar, nem adivinhar o futuro muito menos levantaremos pesos descomunais com as pontas dos dedos. Não nos tornaremos supercrentes, nem seremos melhores por causa disso! Ef 3.16 - Peço a Deus que, da riqueza da sua glória, Ele, por meio do seu Espírito, dê a vocês poder, para que sejam espiritualmente fortes.

Não se trata de poder para "vencer no mundo", mas poder para "vencer o mundo". Venceremos no mundo sendo pessoas boas, fiéis, agradáveis, prestativas, honestas. Mais só venceremos o mundo no Poder do Espírito Santo. 1Co 4.20 -  Pois o Reino de Deus não é coisa de palavras, mas de poder

III. VOCÊS SERÃO MINHAS TESTEMUNHAS
Por que precisamos de poder? Vivemos num mundo que, segundo as Palavras do próprio Senhor Jesus, nós não pertencemos mais a ele! Além de mais, tudo aquilo que nos foi prometido pela Bíblia, está assegurado, isto é fato. 2Tm 1.12 - É por isso que sofro estas coisas. Mais eu ai da tenho muita confiança, pois sei em quem eu tenho crido, e estou certo que Ele é poderoso para guardar até aquele dia, aquilo que Ele me confiou.

A resposta a pergunta: Porque precisamos de poder deve ser respondida sobre a ótica de At 4.33: Com grande poder os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e Deus derramava muitas bençãos sobre eles.

O que é dar testemunho?.
Jo 1.32 - Eu vi o Espírito descer do céu como uma pomba e parar sobre Ele... Eu vi isso e por esse motivo tenho declarado: Este é o Filho de Deus.
O que sabemos que a palavra Testemunho, é um substantivo. Algumas pessoas afirmam não saberem a origem da palavra, outros, no entanto, dizem que ela é onomatopaica, isto é, uma figura de linguagem na qual  é reproduzido um som com um fonema ou palavra.. Até aqui, nada foi acrescentado!

O que podemos afirmar é que a palavra “testemunho” vem do Latim TESTIMONIUM, e que tem a ver com o "Depoimento de testemunha em juízo".
Num sentido mais figurado, a palavra testemunho pode até significar: coisas como: Fé; prova; sinal; indício; vestígio. Jo 15.26 - Quando chegar o Auxiliador, o Espírito da Verdade que vem do Pai, Ele falará a respeito de mim. E sou Eu quem enviará este Auxiliador da parte do Pai

Testemunhar, numa observação final, é uma conjugação cujo sentido é o de dar testemunho, confirmar, atestar, afirmar; declarar ter visto, ouvido ou conhecido.  Ap 1.2 - João contou tudo o que viu, e aqui está o que ele contou a respeito da mensagem de Deus e da verdade revelada por Jesus Cristo.

Se testemunhar tem um sentido figurado que pode ser entendido por manifestar, revelar, isto quer dizer que recebemos pelo Espírito Santo poder para manifestar a Palavra de Deus, e revelar a verdade na Pessoa do Senhor Jesus Cristo Gl 2.20 - Assim já não sou eu quem vive, mais Cristo é quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e que deu a si mesmo por mim

Se Testemunhar significa dar provas ou aparências, isto quer dizer que nós fomos colocados por Deus como pessoas que através da mudança de vida,  do novo comportamento, das transformações pelas quais passamos, quando recebemos o Senhor Jesus, tudo se soma no sentido de fazer com que o nome de Cristo seja reconhecido.

Nos vimos, nós presenciamos, nos verificamos por nós mesmo que servir ao Senhor é a melhor escolha que o ser humano, seja homem ou mulher, jovem ou adulto pode e deve fazer na sua vida

Depois de feita a escolha, e ter finalmente recebido o Espírito Santo, seja pela conversão ou seja pelo batismo, o nosso maior contentamento será servir-lhe como testemunha.

At 20.24 - Mas eu não dou valor a minha própria vida. O importante é que eu complete a minha missão e termine o trabalho que o Senhor Jesus me deu para fazer. E a missão é esta: Anunciar a boa noticia da graça de Deus.

SALA DE ESTUDOS - HERMENÊUTICA

Sala de Estudos Introdução:  Hoje é nosso primeiro dia Sala de Estudo. Iniciamos agora uma nova reunião onde teremos o privilégio de ...